Medicina Chinesa-Receitas

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Chá Verde para Emagrecer e ajudar a digestão

Shennog, um lendário governante chinês, experimentava diversas plantas, para diferenciar entre as venenosas e as medicinais, quando desfaleceu sob uma árvore depois de provar umas folhas venenosas.

A árvore era a árvore do chá, em botânica conhecida como Camellia Sinensis. Por sorte, gotas de água pingaram dessa árvore direto na sua boca e o reanimaram.

Daí em diante, o povo começou a fazer uso intenso das folhas do chá,tornando-se hoje a bebida mais consumida na Ásia, por seus efeitos desintoxicantes e de proteção á saúde.

Estabeleceu-se que o “CHÁ” é a infusão obtida exlcusivamente das folhas da Camellia Sinensis.

As outras infusões (camomila, erva-doce, menta e outras)não devem ser chamadas “chá”, mas de infusão.

Muito tem-se escrito sobre o chá, os diferentes graus de fermentação das suas folhas e consequentes usos.

O mais antigo pesquisador chinês de chá, Lu Yu, escreveu a obra “O Clássico do Chá”, que ensina desde o cultivo da planta, as variedades de chá, a qualidade que a água deve ter para se fazer a bebida, até os utensílios utilizados para a preparar e os costumes e rituais envolvidos no seu consumo.

Na China, Lu Yu, virou o patrono do comércio de chá.

Os donos dos comércios das folhas de chá, decoram as prateleiras com estatuetas de porcelana de Lu Yu.

Quando os negócios estão fracos, os vendedores colocam água fervente no orifício no alto da cabeça da estatueta, num ritual para ajudar os negócios a melhorarem.

As folhas de chá passam por diversos processamentos, o que determina as suas variantes:

– Chá verde: É a folha não fermentada, seca, que oferece uma bebida de cor verde jade;

– Chá preto: É a folha no seu grau máximo de fermentação, de sabor marcante e cor negra. É a variedade mais consumida no Ocidente;

– Chá Oolong: É a folha com fermentação parcial e alto grau de secagem. A bebida apresenta cor avermelhada.Os Chás Oolong de Fujian são muito apreciados.

– Banchá: Usa-se folhas de determinadas variantes da planta, para se obter uma bebida com menor teor de cafeína e maior de minerais. Muito útil para se obter uma estimulação menor e melhor digestão de carbohidratos, grãos, legumes e vegetais.

– Chá prensado: As folhas são submetidas a vapor e depois compactadas e prensadas em diversos formatos e de cores cinza-esverdeados. O chá Pu’er da região de Yunnan, é o mais conhecido.

O famoso clássico chinês de herbologia, o “Pentsao“, ensina que tanto o chá preto ou verde, clareiam os olhos e a voz, revigoram o organismo, eliminam a flatulência, melhora a digestão, iluminam o espírito, promovem a diurese, e ajudam a eliminar as gorduras do organismo.

Henry C. Lu em “Sistema Chinês de Curas Alimentares-Prevenção & Remédios” diz:

“Como um teste, da próxima vez que você tomar chá, não jogue fora as folhas do chá. Como substituto, use-as para limpar alguma gordura das suas mãos para ver quão efetivas as folhas de chá são na remoção de gordura. Então você pode facilmente imaginar os mesmos efeitos tomando lugar dentro do seu organismo depois de beber chá. Portanto, o consumo regular de chá forte é um outro modo efetivo de perder peso e permanecer esbelto.”

Chá Verde para emagrecerO chá verde tem polifenóis em alta quantidade que inibem a proliferação celular (câncer), além de flavonóides e metilxantinas (cafeína), sabidos eficazes no emagrecimento.

Tome chá verde após refeições pesadas, gordurosas, para ajudar a digestão e, durante o dia, umas três chícaras, como emagrecedor.

Para fazer um chá verde, proceda da seguinte maneira:

Jogue 500ml de água filtrada fervente sobre 02 colheres de chá de folhas secas de chá verde, a granel. Abafe por 2 minutos. Coe e tome quente.

Para o efeito emagrecedor, deixe extrair por 8 minutos. Fica amargo, mas o efeito é melhor. Este é o chá forte!

Refogado de Tofu com Legumes, para tratar a Secura, a pressão alta e a gastrite

14OCT

Refogado de Tofu com Legumes, para tratar a Secura, a pressão alta e a gastrite

Tofu é um processado de grãos de soja, originado da China, há milhares de anos.

Os grãos de soja são postos de molho, liquidificados, cozidos e depois misturados com um solidificador natural (suco de limão) ou vinagre.

O Tofu é rico em proteínas digestivas, em vitaminas do complexo B e sais minerais como cálcio, fósforo, ferro, sódio e potássio.

Baixo em calorias, dependendo de como for fabricado, o tofu pode ter um teor de cálcio igual ao do leite.

O tofu segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é de natureza fresca e beneficia o Elemento Metal, daí influenciar os pulmões e o intestino grosso.

As ações terapêuticas do tofu são: eliminar a secura corpórea, aliviar a inflamação estomacal, neutralizar as toxinas e é usado nos casos de alcoolismo.

Paul Pitchford em “Healing with Whole Foods-Asian Traditions and Modern Nutrition”, diz (tradução livre do inglês):

Tofu é um concentrado de proteína e pode ser benéfico quando consumido em quantidades moderadas, especialmente em clima quente e por aqueles com sinais de calor (língua vermelha, face vermelha, aversão ao calor, ou sensação de estar muito quente); é algumas vezes usado para reduzir os sinais de calor acompanhados por doença cardíaca e pressão sanguínea alta.

Para muitos, a sua característica Yin e qualidade fria necessita ser alterada pelo seu meticuloso cozimento;

adicionar condimentos quentes como o gengibre é particularmente útil para pessoas frias.

Apresento a seguir uma receita nutritiva, saborosa e que nos traz todos os benefícios do tofu, um Refogado de Tofu com Legumes:


INGREDIENTES:

  • 500g de Tofu cortado em pequenos cubos;

  • 500g de Legumes diversos (repolho, cenoura, aipo, broto de feijão, agrião);

  • 30ML de sopa de Óleo de Soja;

  • 1 Colher de sopa de Shoyo;

  • 1 Colher de sopa rasa de gergelim;

  • 6 folhas de cebolinha picadas.


PREPARO1- Aqueça o óleo na frigideira e adicione o Tofu.

2- Refogue bem até ficar dourado em todos os lados.

3- Junte os legumes e refogue por uns 6 minutos mexendo de vez em quando.

4- Junte 1 colher de sopa de shoyo e refogue por mais 2 minutos.

5- Salpique com gergelim e cebolinha picada.

Sirva quente, mas coma quantidades moderadas de tofu.

Salada de Camarão para tonificar o Yang e o desejo sexual

7OCT

Salada de Camarão para tonificar o Yang e o desejo sexual

Tonificar é tornar-se vigoroso, forte.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) considera que existem as quatro possibilidades seguintes para nos tonificarmos:

– tonificar a energia “Qi“, o que fortalece a energia corporal;

– tonificar o sangue “Xue“, o que fortalece o sangue corpóreo,

– tonificar o Yin, o que fortalece os líquidos corporais;

– tonificar o Yang, o que fortalece o “fogo ardente dos rins”, ou seja, a própria energia yang.

E ensina que existem alimentos que podem fazer uma ou mais dessas ações tonificadoras.

Um deles é o camarão, reputado como alimento tonificador Yang, portanto, indicado para pessoas enfraquecidas, com excesso de energia Yin , além de ser um afrodisíaco.

Henry Lu em “Sistema Chinês de Curas Alimentares-Prevenção & Remédios”, relata :

“Um célebre herbalista Chinês no século XVI recomendava aos maridos a não comerem camarões numa viagem, planejado como uma observação engraçada para subentender que os camarões podem aumentar drasticamente os desejos sexuais e eles podem se desesperar sem um parceiro sexual quando separados das esposas.”

O camarão, segundo a MTC é de natureza Yang com características energéticas doce e morna.

Da casca deste crustáceo, pode ser extraída uma substância chamada glicosamina ou quitosamina, base de um medicamento para a recuperação decartilagens danificadas.

É um alimento muito apreciado em culinárias de todas as origens. São poucos os que não se deleitam com uma porção de camarão cozido no bafo, acompanhado de um limão espremido, uma pimentinha e, uma cerveja bem gelada, ainda mais se o tempo estiver quente!

Na mesma obra, Lu ensina:

“Prove esta receita tradicional Chinesa chamada camarões intoxicados:

Lave os camarões vivos e coloque-os numa panela; despeje conhaque ou whisky o suficiente para cobrir todos os camarões; então adicione alguns temperos favoritos, tais como gengibre, alho e óleo de gergelim.

Imediatamente cubra a panela porque os camarões pularão como loucos.

Quando os camarões se acalmarem depois de alguns minutos estão prontos para comer.

Os camarões também podem ser fritos com alho para fazer um forte tônico Yang.”

Salada de Camarão para tonificar o Yang e o desejo sexualA foto é de uma salada de verduras e camarão que eu fiz.

É perfeita como uma refeição completa, sobretudo para um jantar leve, tonificante.

Quem sabe, durante essa noite você não terá seu apetite sexual estimulado?

 


 

A receita é esta:

Componentes

1 alface roxa;

1 alface verde crespa;

1 maço grande de agrião;

1 cebola grande;

1 brócolis;

1 couve-flor;

4 tomates grandes;

2 pimentões verdes;

400g de camarão cozido sem cascas e cabeças;

200g de Kani (mix de crustáceos e peixes compactados);

200g de amendoim torrado, sem casca;

02 limões;

Sal, Azeite, Noz-Moscada ralada na hora e Pimenta-do-Reino preta moída (a gosto);

 


 

Modo de Preparo

Deixe por 2 minutos o brócolis e a couve-flor em água fervente e retire enquanto estiverem ainda firmes;

Lave os tomates e pimentões e higienize bem as folhas de alface e agrião; corte o brócolis e a couve-flor em pequenos pedaços; fatie em rodelas grossas a cebola, os tomates e os pimentões;

Corte o kani em pequenos cubos.

Numa saladeira disponha todos os componentes sobre uma “cama” de folhas de alface, num arranjo agradável e que desperte o apetite, deixando o kani e o camarão por cima.

Salpique na superfície o amendoim torrado.

Sirva acompanhado de um molho para temperar, feito da mistura do azeite, suco de limão, noz-moscada, sal e pimenta-do-reino.

Caldo de Hortelã para Dor de Cabeça

30SEP

hortela

A hortelã é um erva muito conhecida e utilizada na culinária. Os povos do norte de África e Oriente Médio, além de abusarem da hortelã nos seus pratos, usam-na como chá, a principal bebida degustada nos cafés, enquanto conversam com os amigos.

Da família das labiadas, a hortelã tem inúmeras espécies, sendo que, a que tem maior teor de óleo essencial é a menta piperita. Sua essência tem altos teores de mentol, mentona, limoneno e taninos e possui propriedades tônicas do sistema nervoso, antiespasmódicas, carminativas, analgésicas, vermífugas, emenagogas, antisépticas e expectorantes.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) diz que a hortelã tem propriedades frias (a variedade piperita) ou morna (as outras variedades), além de ser pungente, afetar os meridianos dos pulmões e fígado, promover a circulação energética e aliviar a dor.

Na Ásia Oriental usa-se a hortelã para o tratamento das dores, sobretudo as dores de cabeça. A MTC justifica esse alívio da dor de cabeça pela ação que esta erva tem sobre o fígado, e na Medicina Tradicional Chinesa o fígado é o responsável pela dor de cabeça, devido à tensão.

As mulheres do Vietnã tem a hortelã como o mais importante fitoterápico para as dores de cabeça, sobretudo aquelas da menstruação. As vietnamitas a usam como chá. Na China, para este fim, usam um caldo de hortelã com ovo de galinha.

Sugiro a seguinte receita, por mim adaptda da chinesa, para tomar naqueles dias de dor de cabeça intensa, inclusive as menstruais:

Caldo de Hortelã

Ingredientes

2 maços de folhas de hortelã frescas e tenras;

1 cebola roxa;

1 dente de alho;

1 ovo de galinha cru, batido com garfo;

1,5l de água filtrada;

1 colher de sopa de margarina vegetal;

sal (pouco );

1 fio de azeite.

Modo de preparo

Retire as folhas de hortelã dos galhos e aproveite os caules mais tenros; lave bem e higienize as folhas e ramos; numa panela funda, refogue na margarina a cebola e o alho cortados em rodelas finas; acrescente a água e o sal, tampe a panela e deixe levantar a fervura; acrescente as folhas e talos de hortelã cortados grosseiramente; desligue o fogo; deixe abafado e tampado por 10 minutos; acrescente o ovo inteiro (gema e clara) batido, escorrendo direto na panela, com a ajuda de um garfo, formando fios (que logo formam massas de ovo dispersas no caldo); acrescente um pouco de azeite ao caldo e sirva quente.

Este é um excelente caldo nutritivo, refrescante, que combate as dores, sobretudo as da cabeça.

Use alho no tratamento da pressão alta

23SEP

alho

O alho é rico em vitaminas A e C, tem o nome botânico de Allium sativum e é muito usado como condimento. É um bom anti-séptico intestinal, vermífugo, febrífugo, expectorante (tosses), útil para tratamento da gota, reumatismo e pressão arterial alta.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) classifica este alimento como morno, pungente, que promove a circulação energética, destrói a verminose e atua sobre os meridianos do estômago, baço e pulmões. Ele resolve a dor abdominal fria, edema, diarreia, disenteria e coqueluche.

Além da função de eliminar os vermes, parasitas e bactérias intestinais e bucais como o fungo candida albicans (sapinho), o alho também promove a recuperação da flora intestinal.

Dica: Para se proteger contra disenteria (amebiana, coliformes fecais) enquanto estiver em viagem por países com pouca higiene pública, mastigue meio dente de alho antes de beber água ou comer alimentos suspeitos e faça isso pelo menos 3 vezes ao dia.

Em “Sistema Chinês de Curas Alimentares-Prevenção & Remédios”, Henry C. Lu diz: “Nas províncias do norte da China, a população chinesa carrega um pouco de alho durante uma longa jornada, caso eles tenham que beber água de montanhas e rios. Para prevenir efeitos ruins, eles mastigam um dente de alho como se estivessem mascando uma goma e cospem antes de beber água”.

Para gripes, resfriados, dor de cabeça por sinusite, mantenha um dente de alho dentro da boca por 15 minutos e, por fim, mastigue-o, que o alívio será sensível.

INFUSÃO DE ALHO

Indicação

Muito eficaz no combate à pressão arterial alta, o alho pode ser usado como tratamento fitoterápico coadjuvante a droga eletiva. Prepare a seguinte receita, pela manhã, ao levantar.

Ingredientes

1 dente de alho amassado;

50 ml de água filtrada morna.

Modo de preparo

Macere o alho durante 10 minutos. Retire- o.

Posologia

Beba o conteúdo ainda em jejum, todos os dias.

–          Para eliminar o bafo de alho, coloque os dentes de alho na água fervente por um minuto. Após mastigar, comer ou beber infusão de alho coma caqui, kiwi ou mastigue salsa fresca, mas não deixe de aproveitar as ótimas propriedades terapêuticas deste alimento.

Canela da China para aliviar a dor da artrite

17SEP

canela

Existem vários tipos de caneleira. Apenas duas são mais conhecidas: a do Ceilão (Cinnamomum zeylanicum), ótima para fins farmacalógicos e culinários e a da China (Cinnamomum cassia).

A casca seca da árvore sempre verde é uma das principais especiarias usadas pelo homem, desde tempos remotos. Um dos motivos que impulsionaram a epopéia européia dos descobrimentos marítimos no século XVI, quando o navegador português Vasco da Gama chegou pela primeira vez na Índia, foi a busca por um acesso mais rápido e seguro as plantações asiáticas de canela, um tesouro muito cobiçado mundo afora, sobretudo nos mercados europeus.

No Brasil, além da variedade Ceilão existem outras, que possuem as mesmas ações curativas das famosas espécies asiáticas e são canelas genuínas brasileiras como a Canela de Cheiro (Mesphilodaphne opifera), a Canela da Folha Grande (Nectandra rigida) e a Canela de Perdiz (Croton perdicipes).

Da canela se extrai um óleo essencial que contêm aldeído cinâmico e eugenol, como seus principais princípios ativos. A esse oleo, a medicina natural atribui diversas propriedades curativas. Serve de parasiticida de uso externo ou trata gripes, resfriados, tosses e bronquites (uso interno).

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) diz que a canela tem características mornas, pungentes, doces, que induzem a transpiração, aquecem as regiões superiores do organismo, além de agirem na bexiga, coração e pulmões.

Henry C. Lu em “Sistema Chinês de Curas Alimentares-Prevenção & Remédios”, ensina esta receita:

Infusão de Canela e Gengibre

Ingredientes

– 20g de canela em rama;

– 30g de gengibre;

– Água.

Modo de preparo

Ferva a canela em rama com o gengibre fresco em água suficiente para cobrir as especiarias até que reduza a metade.

Posologia

Beba uma xícara cheia por vez, três vezes ao dia, para aliviar a dor da artrite.

Indicações

Indicada para a dor reumática que piora com exposição ao frio.  Além disso, segundo a MTC diz que a canela reduz a transpiração, elimina o frio, promove a circulação sanguinea, facilita o fluxo menstrual e estimula a urina.

Me diga uma coisa, quem não tem na memória aquele cheirinho de canela vindo de um arroz-doce ou no vinho quente das festas juninas? E do sabor e cheiro da canela num pastel de belém, ou nas rabanadas do Natal?

Se no Ocidente a canela é ingrediente fundamental nos doces, na Índia ela tem lugar de honra nos pratos salgados, onde está presente em quase todas as “masalas” (misturas de condimentos) e lhes confere um toque sutil e inusitado para o paladar ocidental.

Experimente, ao preparar uma receita de arroz, acrescentar um pequeno “pau” de canela à água do cozimento. Ficará sublime e você se beneficiará das propriedades terapêuticas desta especiaria!

Geleia de Pimenta-Malagueta e suas propriedades terapêuticas

9SEP

Geleia de Pimenta 

A pimenta-malagueta segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) tem natureza quente, pungente, aquece a região interna, aumenta o apetite, promove a digestão e atua sobre os meridianos do coração e do baço-pâncreas.

A capsaícina, substância presente nas sementes das malaguetas, diminui a “substância P”, que é um mediador químico envolvido na produção de dor nos nervos sensoriais. Sua estrutura química é similar ao eugenol, outra substância natural do cravo-da-índia, que serve como anestésico tópico de longa duração.

Henry C. Lu no livro “Sistema Chinês de Curas Alimentares-Prevenção & Remédios, diz: “Use pimenta-malagueta como tempero na culinária para promover circulação sanguínea e também amolecer os vasos sanguíneos é boa para auxílio da arteriosclerose e para prevenção de hipertensão”.

A receita de Geleia de Pimenta-Malagueta é excelente para consumir pura, como canapé ou para acrescentar a refogados de carne e frutos do mar, aproveitando as propriedades terapêuticas desta planta.

Ingredientes:

Geleia de Pimenta Malagueta

 

 

Suco de 06 laranjas pera;

03 maçãs médias vermelhas raladas;

150g de açúcar cristal;

04 pimentas dedo-de-moça ou 12 malaguetas picadas (sem sementes).

 

 

Modo de preparo:

Esprema as laranjas direto dentro de uma panela de aço inoxidável ou vidro; descasque as maçãs e rale toda a polpa diretamente na panela, usando o ralo grosso; corte as pimentas em rodelas finas sem sementes; acrescente os outros ingredientes; vá mexendo devagar em fogo brando por 30 minutos, sem parar, até obter o ponto de geleia espessa. Coloque em um vidro escuro e guarde, longe da luz direta e em local seco. Depois de aberto, mantenha na geladeira.

Fique atento para não queimar a geleia durante o cozimento, para que não fique amarga e escura. E, após resfriar, esta geleia fica mais espessa. As tiras de pimenta devem ficar dispersas por igual e manterem uma cor viva, agradável.

Lu, nessa obra ainda diz: “A pimenta-malagueta pode ser usada na culinária para excitar o estado de espírito…aumentar o apetite…”. Que tal colocar numa torrada ou numa bolachinha um pouco desta geleia e sentir o seu leve sabor picante e doce, para sublimarmos o nosso espírito?

Cebola: cura resfriado, combate a insônia e é cicatrizante

26AUG

para curar resfriado

A cebola é uma erva perene, com nome botânico Allium cepa L., da qual se utiliza o bulbo em culinária e em medicamentos naturais.

Originária do atual Irã, difundiu-se pelo Mundo desde a Idade Média e, hoje é um dos alimentos mais consumidos pelo Homem. É rica em mucilagem, sulfureto de alilo, vitaminas A, B1 e C.

François Balmé, em ‘Plantas Medicinais’ diz: “Dizem que nos países cuja população alimenta-se essencialmente de cebolas os tumores são quase desconhecidos e as pessoas apresentam boa saúde até idade avançada.”

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) sabe há milênios o que o resto do mundo está descobrindo só agora. A cebola, como muitos outros alimentos comuns, contêm fortes propriedades de cura. A MTC considera a cebola de natureza morna, pungente, com ação nos Meridianos do Pulmão, do Estômago, Fígado e Bexíga. O que é confirmado pela medicina moderna, que já comprovou suas ações como expectorante, diurético, digestiva, hipoglicemiante, hipolipidêmico, anti-hipertensivo, combate a disenteria, previne resfriados e é antitussígena. Além disso, possui ação cicatrizante em úlceras da pele, nas reações alérgicas tópicas e na vaginite por tricomonas (parasita).

Você sabia que se esfregar um pedaço de cebola no local da picada de uma abelha, a dor desaparecerá de imediato? E que se estiver com insônia e esmagar uma cebola, colocar numa jarra para aspirar ao vapor, você dormirá em 15 minutos? Experimente!

Segue uma receita de um xarope para combater o resfriado e a tosse acompanhada de catarro de uma gripe (originalmente publicada pelo Balmé).

Use:

1kg de cebolas frescas;

750g de açucar;

300g de mel puro;

1 litro de água filtrada.

Modo de preparo:

Cozinhe as cebolas junto com o mel e a água; em fogo brando por 3 horas; mexa de vez em quando; deixe esfriar; filtre o xarope obtido usando uma peneira.

Guarde o xarope em vidro escuro, em local fresco, seco e longe da luz direta.

Posologia:

Adultos – 01 colher de sopa a cada 8 horas;

Crianças – 01 colher de chá a cada 8 horas.

Coma cebolas em saladas, em refogados, em sopas ou até recheadas de carne e assadas…você viverá mais e melhor.

 

 

 

 

Tratamento natural para a Bronquite

19AUG

tratamento bronquite

As cenouras são raízes ricas em vitaminas (A, B, C, D e K), são nutritivas e muito usadas em diversas receitas.

Para a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), a cenoura limpa e desintoxica o organismo, fortalece a rede de meridianos, umedece e clareia a vermelhidão ocular, fortalecendo a função visual. A cenoura é de natureza fresca, sabor doce, com ação terapêutica nos canais do fígado e baço, além disso, é um excelente alimento para tratar dores de cabeça que afetam os olhos e a região frontal da cabeça.

A semente da cenoura também favorece o aumento da produção de leite em mulheres que estão amamentando e são a primeira escolha vegetal no tratamento dos problemas oculares. Lembra quando nossas avós insistiam para comermos cenouras, porque fazem bem para os olhos?

A cenoura é ótima para tratar bronquite, pois tem substâncias que são emolientes fazendo com que o muco fique mais fluido e seja expectorado com mais facilidade.

Veja essa receita de xarope para tratar bronquite infantil:

 Xarope de Cenoura

– Ingredientes

200g de cenouras cortadas em rodelas finas;

200g de açúcar cristal.

– Modo de preparo

Misture a cenoura com o açúcar num pilão e triture até se formar uma pasta grossa.

Repouse por uma semana esta mistura em ambiente seco, num recipiente bem fechado e protegido da luz.

– Posologia

Da mistura das rodelas de cenoura e açúcar se forma um líquido, que tem propriedades terapêuticas. Deve-se consumir uma colher de chá a cada 4 horas.

E, não se esqueça de acrescentar cenouras em seus cozidos, refogados e saladas. Lembre-se do aviso da vovó!

Sopa de agrião: receita para Tratar Diarréia Crônica

12AUG

receita-de-sopa-de-agriao

Esta uma receita antiga da culinária portuguesa, que é perfeita para o tratamento da diarreia crônica e da deficiência do “Qi” do Baço-Pâncreas-Pi: carboidratos, vegetais pungentes, proteína e  sais minerais, ótimos ingredientes para o reequilíbrio hidrolítico do paciente.

Ingredientes:

1/2 maço de agrião

3 talos de alho-poró sem as folhas

2 colheres de sopa de manteiga

250g de batatas

2 litros de água

1 xícara de leite

pimenta-do-reino

noz-moscada

Modo de preparo:

Corte o alho-poró em fatias finas. Doure ligeiramente na manteiga em uma panela grande. Descasque as batatas e corte-as em 4 pedaços. Adicione à panela com o alho-poró e cozinhe na água e sal. Quando as batatas estiverem cozidas, bata a sopa no liquidificador até obter um creme liso. Adicione o leite. Lave o agrião em bastante água e escorra bem. Ferva o creme.  Tempere com sal, pimenta e noz-moscada a gosto. Antes de servir, misture o agrião.

Serve 4 porções

Receita publicada originalmente por Zoladz, Márcia, Cozinha Portuguesa. Ed. Círculo do Livro, São Paulo, Brasil, 1991, p.29.

Fonte:  https://acupunturistaquiropata.wordpress.com/category/citacoes/

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

2 comentários em “Medicina Chinesa-Receitas

Add Comment Register



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *