YOGA TERAPIA

YOGA TERAPIA COM TÉCNICA DE LIBERAÇÃO DE

STRESS E TRAUMAS.

Toda quarta feira das 20 as 21 e 15

        1991_141167812706591_1264988812_n

Exercícios para Libertação do Trauma e da Tensão

Com o aumento da violência, dos assaltos, dos sequestros, os conflitos armados, do terrorismo, das catástrofes naturais ou induzidas pelo homem, ‘traumatismo’ e ‘estresse pós-traumático’, são conceitos que começam a dominar esta etapa da história humana (Berceli, BookSurgeLLC, 2005)

Os exercícios para o tratamento dos sintomas tais como: (Irritabilidade, insónia, dores musculares, depressão, ataques de raiva, síndrome de pânico, isolamento social, agressividade e nervosismo entre outros) visam restaurar a vitalidade do organismo e ultrapassar o choque provocado por situações de extrema ameaça, gerando o denominado estress e ou distúrbio do stress pós-traumático. A metodologia apóia-se nos mecanismos naturais de regulação do organismo, nos aspectos neurológicos, psicomotores e emocionais.

 Através desta sistematização proporcionada por este método damos ao corpo a oportunidade de liberação da energia presa em nossa musculatura que ficou retida após um evento traumático. Esses exercícios são simples e devolvem ao corpo e á mente o equilíbrio emocional e o relaxamento corporal, a um nível aceitável para a manutenção da qualidade de vida.

 A sistematização desses exercícios, através do centro de gravidade do corpo localizado na pelves, onde se encontra o músculo psoas induzirá, uma vibração que será erradiada por todo corpo indo ao encontro das tensões profundas encontradas na musculatura, dissovendo-as naturalmente.

 Esta vibração é responsável pela quebra das tensões presentes na musculatura, devolvendo a leveza e a graça a um corpo saudável e livre de tensões. A vibração é de origem neurogênica, ou seja, tem origem no sistema nervoso, pertence ao corpo humano e acontece naturalmente. Este método tem como âncora os mecanismos naturais de regulação do organismo, nos aspectos neurológicos, psicomotores e emocionais.

1

Público alvo:

Profissionais da área de saúde, psicólogos, psicoterapeutas, profissionais de educação, profissionais que atuam em situações de risco, pós parto, menopausa, tpm, e pessoas interessadas no alívio dos sintomas provocados pelo Stress e pelo Distúrbio do Stress Pós Traumático.


Objetivos:

Libertar a carga energética contida no corpo provocada pelo stress e/ou trauma;

Promover o alívio dos sintomas provocados pelo excesso das tensões localizadas na musculatura;

Favorecer a saúde e a qualidade de vida dos participantes;

Dar a conhecer ao grupo uma metodologia desenvolvida por David Berceli para superação do stress e do trauma.

Entenda os sinais que suas costas te mostram.


Trabalhando com pessoas em grupo, me deparo com situações de sofrimento tão profundas e tão arraigadas que não tem profissional nem remédios que cure. E estas dores que não podem ser faladas, serem ditas no contexto relacional em que as pessoas vivem, são jogadas no corpo e se transformam nas mais diferentes doenças e com sintomas diversos.
No momento que a pessoa consegue acessar a memória da situação que provocou aqueles sintomas, quando ela toma cons-ciência, conhecimento, ela consegue falar sobre a situação, pode transformá-la e libertar-se, pois tem oportunidade de ressignificar sua postura perante as situações de sua vida.

Numa tarde após uma dinâmica para liberação de traumas, uma senhora relatava entre outras percepções das reações de seu corpo, ”uma secura muito grande por dentro”. Diante desta informação, como terapeuta, estava fazendo para o grupo uma decodificação da linguagem simbólica do ocorrido.

Foi quando ela acessou a memória e nos conta que: quando estava na sua quinta gravidez ,teve um desgosto muito grande – entrou em processo depressivo – e programou acabar com sua vida.

Ela esperaria o marido adormecer, sairia porta afora, e deixaria seus chinelos ao lado do poço de 84 metros de profundidade, para o marido saber onde procurá-la.

E ficou fingindo que dormia até que o marido adormecesse.

Quando estava passando pela porta,o marido que também estava vigiando-a, segurou-a .

Conversaram, choraram muito juntos, esclareceram o motivo do desgosto, que na verdade nem existia, ele foi com ela para confirmar, se acertaram, vivem bem até hoje e a família aumentou até chegar em 11 filhos. Onde entrou a “secura” que o corpo manifestou?Na água do poço em que ela pretendia acabar com sua vida e nas lágrimas dos dois que conseguiram conversar e lavar a alma.

Fantástico?Sim; da mesma forma quando ouvimos os depoimentos dos adultos de hoje que quando pequenos apanhavam mesmo sem merecer, e recebiam a ordem: Engole o choro… Quando pergunto que atitudes tomam hoje diante dos conflitos em sua família ou grupo, me respondem que ficam calados, entregam a Deus, por medo de não serem compreendidos, aceitos, amados, julgados.

E continuam vida afora engolindo o choro e jogando o choro contido no corpo que o transforma em doenças para que possam chorar sem culpas…..



Todo homem morre, mas nem todo homem vive.

(Willian Wallace)


 

Foto: Acupuntura contra o Stress. A acupuntura é uma técnica milenar que pode atuar diretamente nos níveis psicológicos, biológicos e emocionais do indivíduo. Todas as pessoas possuem uma energia chamada de QI, que flui por todo o corpo por meio de canais de energia. Quando há uma interrupção desse fluxo energético, o paciente apresenta uma série de problemas físicos e emocionais. O stress pode levar a uma série de problemas de saúde como: enxaqueca, insônia, diminuição da imunidade, depressão e dores musculares. Ao utilizamos as agulhas ou qualquer outra técnica de acupuntura que faça com que esta energia seja dispersada (moxa, magnetos ou eletroestimuladores), o paciente retorna ao seu estado normal, ou seja, a energia volta a circular por todo o organismo, reduzindo o stress e/ou qualquer outro tipo de disfunção que este poderia apresentar. A ação da Acupuntura pela via nervosa promove a liberação de substâncias como a endorfina, dopamina e serotonina em várias regiões do cérebro, resultando em efeito de analgesia, calmante, antidepressivo, relaxamento muscular, melhora das funções dos distúrbios dos órgãos internos e outros. A medicina chinesa há séculos já mencionava a manter a homeostase do corpo; o indivíduo deve manter a mente calma, exercícios físicos adequados respiração suave e lenta e alimentação equilibrada.
Fonte http://www.prevencaodotrauma.com/tre/?page_id=2

Add Comment Register



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *